Curiosidades sobre a comunidade da Rocinha no RJ

Curiosidades sobre a comunidade da Rocinha no RJ

Curiosidades sobre a comunidade da Rocinha no RJ

A Rocinha é uma das comunidades mais conhecidas do país, não só pelo tamanho, mas também pela criminalidade. Localizada na cidade do Rio de Janeiro, mais precisamente entre os bairros da Gávea e São Conrado.

 

Fatos e curiosidades sobre a Rocinha

 

Com a divisão em chácaras da antiga Fazenda Quebra-Cangalha, surgiu a tão conhecida e falada comunidade da Rocinha. Elas foram importantes centros de abastecimento de hortaliças para uma feira da Gávea. Conta-se que os vendedores falavam que as hortaliças vinham lá da “rocinha”, originando daí o nome da futura comunidade.

Durante os anos 50, houve um aumento considerável de nordestinos que migraram para o Rio e muitas famílias se estabeleceram na Rocinha. A população aumentou devido a construção dos túneis Rebouças e Dois Irmãos (atual Zuzu Angel), que intensificou o crescimento da oferta de emprego.

Atualmente a população da Rocinha é estimada em 69.356 mil habitantes pelo censo, no entanto, acredita-se que seja bem mais que isso, chegando a atingir um patamar de 100 mil.

É surpreendente dizer que o primeiro posto de saúde da comunidade só foi inaugurado em 1982.

Foi o arquiteto Oscar Niemeyer quem projetou a passarela que liga a comunidade ao complexo esportivo situado do outro lado da estrada Lagoa-Barra, que liga a Gávea à Barra da Tijuca.

Devido à dificuldade de acesso em alguns pontos da comunidade, os moradores contam com apoio de Kombis e moto-táxis. A maioria dos moto-taxistas são jovens que procuram nessa atividade uma fonte de renda.

Antes de aceitar a corrida, os moto-taxistas costumam perguntar para onde o cliente quer ir. Dependendo do lugar, eles simplesmente não aceitam a corrida, ignoram a pessoa e vão embora.

Muitos restaurantes e lanchonetes não costumam fazer entregas em domicílio. Se o morador da Rocinha fizer um pedido por telefone, ele tem que ir buscar.

Outra dificuldade que os moradores enfrentam é a coleta de lixo, que não chega a todos os pontos da comunidade. Em virtude disso, moradores são forçados a pagar uma taxa mensal a catadores informais, que recolhem o lixo em caçambas. Quem não paga, sofre com o acúmulo de sujeira.

O que chama a atenção entre a Rocinha e as demais comunidades do Rio é a falta de privacidade. As residências são encostadas umas nas outras, possibilitando que um vizinho escute quase tudo o que acontece do outro lado da parede, além das janelas, que normalmente ficam em frente à janela da família vizinha.

Os moradores da Rocinha não se incomodam de perder a queima de fogos de Copacabana, realizada durante o réveillon. Isso acontece porque eles podem assistir à queima de fogos do Atalho, um espetáculo fantástico.

Mesmo antes da pacificação por meio das UPPs, a Rocinha recebia turistas de várias partes do mundo. Todos querendo saber como é a comunidade e como vivem as pessoas que ali moram. Para isso, há guias turísticos que conhecem cada beco do lugar. Moto-taxistas também oferecem passeios para quem quiser andar por suas vielas e conhecer as suas lajes, local de onde se tem uma impressionante vista panorâmica do local.

A Rocinha fica perto de pontos turísticos importantes da cidade tais como a lagoa Rodrigo de Freitas, praia do Leblon, Parque Nacional da Tijuca, o Mirante do Leblon e o morro Dois Irmãos.

Conhecida pela intensa movimentação de pessoas ao longo de todo o dia, a Rocinha abriga um vasto comércio, com farmácias, supermercados, lojas, bares, agências bancárias e um posto dos Correios. O ritmo agitado não diminui com o avanço da madrugada. Na Via Ápia e no Largo do Boiadeiro, duas das principais ruas, é possível encontrar, por exemplo, restaurantes e biroscas abertas 24 horas por dia para atender a demanda dos moradores.

 

O Mirante da Rocinha

 

É considerado um ponto de observação privilegiado, com acesso pela Estrada da Gávea. Com a chegada do polo turístico, o cenário de lazer da comunidade está sendo redesenhado, visto que os empresários, criados na Rocinha, iniciaram a reforma da Praça Vila Cruzada e do campo de futebol, ambos ao lado do Mirante. Além do mais, a tradicional Feira de Artesanato ganha barracas fixas e banquinhos para os visitantes.

Este belo cenário cultural carioca, terá a vistoria e chancela da Rio Tour e apoio da Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro. Do local, será possível ver o Cristo Redentor, o Pão de Açúcar, a Lagoa Rodrigo de Freitas e alguns bairros da zona sul do Rio de Janeiro. Tudo isso degustando uma gastronomia contemporânea e um bom drink.

 

Lazer e cultura

 

A Rocinha é marcada por diversas características nordestinas. O Largo do Boiadeiro é o lugar ideal para comprar produtos tipicamente nordestinos, como especiarias e temperos. É ali também que ocorre a feira dominical, com venda de frutas e legumes variados.

Outra característica do bairro são os forrós, que acontecem no Clube do Emoções, na Estrada da Gávea, além de bailes funk e pagodes. A quadra da Acadêmicos da Rocinha é também muito frequentada por moradores e turistas que buscam diversão.

Camisetas produzidas por moradores ficam à venda na Rua 1, área mais próxima da Gávea.

Para aqueles que buscam um lugar sossegado para relaxar e ler um bom livro, a Biblioteca Parque, inaugurada em 2012, tem um amplo acervo, além de teatro e sala multiuso.

 

Infraestrutura atual da Rocinha

 

Além de um comércio variado, a Rocinha possui três escolas de Ensino Fundamental, um Espaço de Desenvolvimento Infantil Professora Edir Caseiro Ribeiro e o primeiro Ginásio Experimental de Novas Tecnologias Educacionais (Gente), que ocupa o lugar da antiga E. M. André Urani.

Os moradores também possuem uma grande rede de saúde primária. Em virtude das obras do PAC 1 (Programa de Aceleração do Crescimento), os moradores podem desfrutar de um complexo esportivo localizado em frente à comunidade, com piscinas, quadra de esportes, aparelhos para a terceira idade e centro médico. Além disso, foi construída uma nova passarela sobre a Autoestrada Lagoa-Barra, projetada por Oscar Niemeyer, que liga o complexo à Rocinha. O bairro também recebeu 114 unidades habitacionais, para moradores que viviam em áreas de risco.

 

Passeio de Helicóptero sobre a Rocinha RJ

 

O Rio de Janeiro é um dos lugares mais lindos do Brasil. Além disso, possui paisagens que ficam ainda mais belas em um passeio de helicóptero.

Hoje a 4 Fly RJ vai lhe contar uma rápida curiosidade sobre o Rio!

O melhor passeio de helicóptero

O Rio de Janeiro é mundialmente conhecido por suas paisagens, no entanto, a cidade é cheia de história.

Uma dica para ver muitos desses lugares em pouco tempo e de um ponto de vista privilegiado é fazer um voo panorâmico de helicóptero desde o estádio do Maracanã, Arcos da Lapa, entre outros pontos como o Pão de Açúcar, as famosas praias de Ipanema, Copacabana e a praia do Arpoador.

Sobretudo, mesmo com tantos prédios construídos ao seu redor, a praia da Barra da Tijuca continua maravilhosa, incluindo a Reserva de Marapendi.

Há muitas áreas de preservação ambiental no Rio de Janeiro, como Grumari e Prainha, que merecem ser vista do alto.

Sendo assim, não perca tempo e se programe para conhecer cada detalhe do Rio em um passeio de helicóptero.

Deixe um comentário

Passeios históricos no Rio de Janeiro

Passeios históricos no Rio de Janeiro

Quem visita a cidade do Rio de Janeiro, certamente concorda que está passeando por um museu a céu aberto. Em sua bela e bem escrita história, há reis, imperadores, escravos, artistas, clérigos, edifícios maravilhosos e bibliotecas grandiosas.

Esse complexo inusitado de quase cinco séculos ainda pode ser visto em vários pontos da cidade – e é material suficiente para propiciar agradáveis caminhadas de estudo para os amantes da História.

Leia mais »
Festa de Réveillon RJ 2021

Festa de Réveillon no RJ 2021

Faltando apenas alguns dias para a virada, encontrar a opção ideal de festa de Réveillon não tem sido uma questão fácil nesse ano de pandemia. Confira algumas informações e dicas para a festa de fim de ano no RJ.

Leia mais »
Tudo sobre Quinta da Boa Vista no Rio de Janeiro

Tudo sobre Quinta da Boa Vista no Rio de Janeiro

Localizada no bairro de São Cristóvão, a Quinta da Boa Vista é um dos maiores parques municipal da cidade. O espaço resguarda os jardins e os lagos criados pelo paisagista francês Auguste Glaziou; o antigo palácio da família real, local onde funciona o Museu Nacional

Leia mais »