fbpx

Simpatias e tradições de ano novo no Rio de Janeiro

Simpatias e tradições de ano novo no Rio de Janeiro

Simpatias e tradições de ano novo no Rio de Janeiro

No Rio de Janeiro, a comemoração mais famosa é a dos fogos de artifício na praia de Copacabana. Milhares de cariocas e turistas agrupam-se nas ruas à beira-mar e nas praias para assistirem ao infindável espetáculo, que começa pontualmente à meia-noite do novo ano.

 

Tradições da Véspera de Ano Novo

 

São inúmeras as tradições de Ano Novo. As tradições mais antigas incluem usar roupas brancas, símbolo de um novo começo, colocar flores e velas no mar para honrar Iemanjá, a Deusa do Mar e da Água nas religiões Candomblé e Umbanda, e tradicionais canções de carnaval e dança.

Cores: amarelo e dourado atraem dinheiro; branco a paz; vermelho o amor; rosa a paixão; verde a saúde; violeta a elevação espiritual, e o azul, cor que remete ao céu e sugere espiritualidade, atrai a esperança.

Entre as novas tradições, há a exibição de fogos de artifício na praia de Copacabana, palcos com música ao vivo e chuveiros de champanhe. Cariocas – os residentes do Rio – são melhores em celebrar do que qualquer outra pessoa no mundo, e suas férias são como são – alegres, leves e cheias de vida.

 

Simpatias para o Ano-Novo

 

Religião, crenças populares, lendas, costumes de diferentes povos e até mesmo fatos históricos ajudam a explicar o significado de rituais como esses. Superstição ou não, uma fezinha não prejudica ninguém, e pode deixar a virada mais divertida.

Conheça o significado de rituais, cores, comidas e outras mandingas típicas de Réveillon que prometem trazer amor, dinheiro, saúde e paz no ano que se inicia.

 

Lentilhas

No caso da lentilha, saboreá-la no Réveillon atrai a riqueza visto que o grão, quando cozido, aumenta de tamanho e isso quer dizer fartura segundo a tradição grega.

 

Romã

Devido à quantidade de sementes, a fruta é historicamente associada à fecundidade, à riqueza e também à paixão. Para os judeus, o fruto é símbolo de realizações.

Se o objetivo for atrair dinheiro, coma uma romã em sete pedaços e guarde as sementes dentro da carteira durante o ano todo. Outro ritual é segurar três sementes da fruta nos dentes, quando der meia-noite, e pedir dinheiro para o ano seguinte.

 

Uvas

Frondosa, sempre em cachos e com bastante semente, a fruta é associada à fartura.

Comer 12 uvas na virada (uma para cada mês) e guardar seus caroços resultaria em um ano repleto de riquezas.

 

Carnes e aves

Na ceia da virada, a tradição popular manda não consumir aves como galinha e peru, pois elas ciscam para trás, o que indicaria regresso e atraso de vida. Caranguejo também é proibido pelo mesmo motivo. Porco ou leitão são os mais indicados para a data. Como fuçam e empurram a terra para frente, são relacionados à prosperidade. Peixe é outra opção, uma vez que nada para frente.

 

Vinho e champanhe

Por serem feitos a partir da uva, que, segundo a crença, atrai sorte e prosperidade, dê três pulinhos com uma taça de champanhe na mão, sem derramar nenhuma gota, e jogue toda a bebida para trás. Dessa forma, reza a lenda que tudo o que for ruim fica no passado.

 

Banho de sal grosso

Várias culturas atribuem ao sal o poder de purificar os ambientes, de trazer alegria e gosto à vida.  Os banhos de água salgada com ervas são comuns no continente para renovar as energias.

 

Atrair ou manter um amor

O (a) casado (a) que quer manter o relacionamento deve acender duas velas amarelas e pedir a Oxum – a deusa do amor, da fertilidade, da pureza e do ouro – estabilidade no relacionamento.

Se for solteiro (a), acenda uma e peça para que apareça alguém especial em sua vida. Depois de acesa, derrame mel em volta da vela, coloque quatro búzios, quatro moedas de mesmo valor e oito ou dezesseis rosas amarelas. Para dar certo, é preciso ficar na praia até a vela terminar de queimar.

 

Para o amor voltar

Escolha oito pedaços de fitas de cores diferentes, menos preto e vermelho, com 1 m cada. Olhe na direção do mar e coloque quatro fitas em cada ombro. Com os pés na água, despetale três rosas amarelas. Jogue as pétalas por cima da sua cabeça e deixe que elas caiam no mar. Solte então uma fita de cada vez na água e peça que Oxum traga de volta quem você ama.

 

Para ter sorte no amor

Pegue cinco ou oito rosas brancas (números de Iemanjá e Oxum), perfume de alfazema, fitas com as cores da harmonia (azul, amarelo, rosa, branco e verde), espelho, talco, sabonete e bijuterias. Forre uma cesta com celofane, amarre uma fita no cabo de uma flor e jogue um pouco de talco e de perfume por cima. Depois, coloque o espelho, o sabonete e as bijuterias na cesta e leve para o mar. Conte três ondas e, na quarta, ofereça a cesta a Iemanjá e a Oxum.

 

Para ter felicidade

Comece a usar, a partir do dia 28 de dezembro, um par de meias brancas novas. No quarto dia, coloque a meia do pé direito no sol. Depois a atire longe com cuidado para ela não cair em nenhum lugar úmido.

À meia-noite do dia 31, coloque a meia do pé esquerdo ao luar e depois jogue longe dizendo: “Minhas meias foram longe. Não têm teia, nem idade. Se se foram, porque se foram, virá a felicidade. Assim seja”.

 

Para afastar maus fluidos

À beira do mar, com a água na altura da canela, derrame pipoca ao longo de seu corpo, da cabeça aos pés. Deixe que o mar leve a pipoca, que é um elemento do orixá Omolu, senhor da vida, da cura e da saúde.

 

Para ter paz, tranquilidade e prosperidade

Misture pétalas de rosa branca, arroz cru e uma essência e passe pelo corpo. Olhando para o mar, reze pedindo paz e prosperidade para o ano que se aproxima. Tire os sapatos e entre no mar vestida com uma roupa branca. Dê três mergulhos e de costas para a areia.

 

Para ter dinheiro o ano inteiro

Leve para a praia sete rosas brancas, sete moedas do mesmo valor, perfume de alfazema e um champanhe. Reze para Iemanjá e para os orixás que têm força no mar. Conte sete ondas e jogue as flores no mar. Depois, coloque o conteúdo do champanhe e ofereça aos orixás. Lave as moedas com o perfume e coloque-as na mão direita. Mergulhe a mão na água e peça proteção financeira. Deixe o mar levar seis moedas, fique com uma e guarde-a como amuleto durante o ano.

 

Voo de helicóptero no Rio de Janeiro no Ano Novo

 

Você não imagina como é lindo ver a Cidade Maravilhosa do alto! Que tal experimentar e vivenciar essa fantástica experiência em um voo de helicóptero no Rio de Janeiro?

Caso você tenha se empolgado com a ideia, saiba que é importante fazer uma boa pesquisa antes para escolher os locais, datas e horários adequados para o seu passeio.

Veja como pode ser seu voo de helicóptero no Rio de Janeiro. Você pode escolher a 4Fly RJ, para um voo panorâmico, que já está há alguns anos no mercado e se consolidou como uma das melhores empresas para tal na cidade.

A 4 Fly RJ oferece voos panorâmicos com duração de 30, 45 e 60 minutos.

Os preços variam de acordo com a rota desejada. São 3 rotas principais, mas também existe a possibilidade de você fazer um passeio exclusivo, com outra duração e outro percurso (preço sob consulta).

A exemplo, o voo que dura aproximadamente 30 minutos, o helicóptero parte do aeroporto de Jacarepaguá, Praias da Barra da Tijuca, Joá, Pedra da Gávea, São Conrado, Leblon, Ipanema, Arpoador, Forte de Copacabana, Copacabana, Urca e Pão de Açúcar, Lagoa Rodrigo de Freitas, Jockey Club, Jardim Botânico e chega ao ápice quando se aproxima do Cristo Redentor, onde fica sobrevoando por mais tempo e retorna para o aeroporto pela Floresta da Tijuca.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.