Motivos para viajar para o Rio de Janeiro

O Rio de Janeiro é muito mais que praia, samba e carnaval, é uma cidade demasiadamente animada. A naturalidade dos cariocas consegue transmutar tudo num evento contagiante. O Cristo Redentor com seus braços abertos é bem mais que uma mera mensagem de boas-vindas, é o próprio espírito da cidade.

Motivos para viajar para o Rio de Janeiro

Motivos para viajar para o Rio de Janeiro

O Rio de Janeiro é muito mais que praia, samba e carnaval, é uma cidade demasiadamente animada. A naturalidade dos cariocas consegue transmutar tudo num evento contagiante. O Cristo Redentor com seus braços abertos é bem mais que uma mera mensagem de boas-vindas, é o próprio espírito da cidade.

Os cariocas têm razões de sobra para elogiar a sua cidade. Afinal de contas, são eles que contribuem para que o Rio seja uma cidade colorida, vibrante, descontraída e acima de tudo maravilhosa.

 

Aqui estão os motivos pelos quais você deve viajar para o Rio de Janeiro

 

Comida – Deliciosa

Nada como provar novos sabores. E isso o Rio de Janeiro tem muito a oferecer. A feijoada está para o carioca assim como o cozido à portuguesa está para os lusos. Coxa de frango com quiabo, churrasco de rodizio com farofa, moqueca de peixe e marisco, todos bons pratos para levar à mesa. E na rua, prove uma tapioca, salgada ou doce, e também saboreie um cachorro quente ou um churro.

 

PaisagensÉ de tirar o fôlego

Aprecie a beleza das vistas panorâmicas, belezas naturais e paisagens de cortar a respiração entre o mar e a montanha. As montanhas abraçam todo o verde. Os morros parecem despontar em todo lado, sempre procurando pelo céu. O mar detém o azul, um azul que inebria e nunca se mistura com o céu, mas nos permite viajar pelo horizonte.

 

Flora e Fauna – Incríveis

Esse tipo de formação apresenta árvores de vários portes, que alcançam entre 20 e 30 metros de altura, entre elas, jequitibá, tapinhoã, noz-moscada-silvestre, figueira, palmiteiro, pau-d’alho, ipê-amarelo e pau-ferro. Plantas como samambaias, musgos, bromélias e begônias são algumas das espécies características da Mata Atlântica encontradas no Rio. A Mata Atlântica carioca também é rica em rios, lagoas e baías.

Mamíferos como o macaco-prego, o porco do mato, a preguiça, o furão, o ouriço-cacheiro, o cachorro do mato, o mão-pelada, o tamanduá de colete, a paca, a cutia, os gatos do mato e muitas espécies de morcegos são próprios do bioma. Entre as aves, merecem destaque os tucano-de-bico-preto, os gaviões, o papagainho e a jacupemba; serpentes, a cobra de vidro, a jararaca e a jiboia. Invertebrados como moluscos, anelídeos e o caranguejo de rio; e insetos como as borboletas azuis, os serra-paus e as baratas da mata complementam a fauna.

 

Praias – Inigualáveis

Ir para a praia no Rio de Janeiro não é tão somente estender a toalha na areia e pegar aquele bronzeado. A vida do carioca está intimamente associada à praia quer faça sol ou não. Praticar esporte leve ou pesado (individualmente ou em grupo), beber um chope com os amigos na esplanada do calçadão, curtir a leitura de um livro ao som ritmado das ondas do mar, juntar biliões de grãos de areia para montar uma escultura, envolver as pessoas em uma boa causa – parece que tudo é motivo para acabar na praia. Bom para a alma e bom para o coração. O carioca sabe muito bem o que é isso.

 

Carnaval – Inebriante

O mundo inteiro conhece o Carnaval do Rio como os três dias da grande festa de brilho, cor, ritmo e dança. Entretanto, assim que a festa acaba, o Sambódromo não fecha as portas e o trabalho, dedicação e alegria se mantém nos bastidores do Sambódromo preparando tudo para o ano seguinte.

 

Ritmo – Envolvente

É impossível não bater o pé quando se sente um ritmo no Rio de Janeiro. O samba nasceu na Bahia, mas foi no Rio que se enraizou. Tom Jobim e Vinicius de Moraes pegaram no samba, adicionaram-lhe uma influência de jazz e nasceu a bossa nova. O pagode saiu dos fundos do quintal e da marginalidade e se tornou conhecido como uma nova versão de samba. O funk desceu os morros das favelas para a cidade e invadiu clubes com bailes de funk carioca. Em síntese, Rio e ritmo andam de mãos dadas.

 

A riqueza cultural – Convidativa

Localizado em dois prédios restaurados na região do Praça Mauá, no Centro Rio de Janeiro, o Museu de Arte do Rio – MAR – disponibiliza um acervo que se propõe a apresentar a cidade através de diferentes visões artísticas.

O Museu do Amanhã, não muito longe dali, convida o visitante a refletir como será a vida no planeta nos próximos 50 anos através da discussão de temas como mudanças climáticas, crescimento e longevidade populacionais.

Para quem ainda estiver passeando pelo Centro da cidade, a Igreja de São Francisco da Penitência guarda por trás de sua fachada uma estrutura única e exuberante. Construída em 1772, conta com detalhes barrocos entalhados em sua maioria pelo mestre do Aleijadinho, Francisco Xavier de Brito. Do piso ao teto, a riqueza nos detalhes e no ouro espalhado pelo altar encantam quem por ali passa.

 

Os mais belos mirantes

Que tal observar toda a beleza natural do Rio de Janeiro dos pontos mais altos da cidade? O Mirante da Paz é o preferido dos turistas que desembarcam no Rio. Localizado no morro entre os bairros de Ipanema e Leblon, é possível admirar o Arpoador e o Cristo Redentor.

Outra opção é o Mirante Parque Dois Irmãos, localizado entre Leblon e São Conrado. Para ir até lá, é preciso de disposição: é possível ir de carro até o alto do Vidigal e depois fazer uma caminhada de mais de uma hora para chegar ao Mirante. Ao chegar, o visitante terá como prêmio uma vista incrível para as praias do Leblon, Ipanema e São Conrado, em uma altura de mais de 500 metros, altura essa que ultrapassa o próprio Pão de Açúcar!

 

Voo panorâmico RJ – Curta esta emoção

Você já fez um passeio de helicóptero? A emoção de um voo panorâmico é algo indescritível!

Decolando com a 4 FLY RJ, você sobrevoa a bela praia da barra da tijuca, a Pedra da Gávea, Arpoador, Forte de Copacabana, Sambódromo, Maracanã, Alto da Boa Vista, faz um giro no Cristo Redentor (vista que você jamais esquecerá).

Há ainda opção de voo que além destes pontos, sobrevoa também o Parque Olímpico da Barra, Grota funda, Ilha de Guaratiba, Restinga da Marambaia, Praia do Perigoso, Praia do meio, Praia do Grumari, Prainha, Praia da Macumba, Recreio dos Bandeirantes, Museu de Arte Contemporânea, Ponte Rio Niterói, Aeroporto Santos Dumont, Centro do Rio de Janeiro, Igreja da Candelária e muitos outros pontos turísticos.

Essa é uma excelente opção para sair do tradicional e descobrir detalhes nunca antes vistos por terra.

O Rio de Janeiro é uma das mais belas cidades do mundo, seja de dia ou de noite, sobrevoá-la é sempre mágico!

Deixe um comentário

Segredos no Rio de Janeiro

Segredos no Rio de Janeiro

Viajar é estar em contato com o novo, o diferente. E mesmo dentro da sua própria cidade é possível se maravilhar com novidades, com espaços nunca antes visitados. Para comprovar isso e descartar a mesmice turística, confira alguns segredos no Rio de Janeiro.

Leia mais »
Conheça o bairro Flamengo no Rio de Janeiro

Conheça o bairro Flamengo no Rio de Janeiro

O Flamengo é um bairro nobre da zona sul da cidade do Rio de Janeiro. Sua principal referência é a Praia do Flamengo. Seus limites são os bairros de Botafogo, Laranjeiras, Catete e Glória. O Bairro Flamengo é considerado residencial de classe média e classe média alta. As estações do metrô que oferecem acesso ao bairro são: Catete, Largo do Machado e Flamengo e as principais ruas são Senador Vergueiro, Paissandu, Marquês de Abrantes, Praia do Flamengo e Avenida Infante Dom Henrique.

Leia mais »
Pantanal Carioca - Rio de Janeiro

Pantanal Carioca: venha conhecer e se surpreenda!

O Rio de Janeiro é uma cidade que não para de surpreender, até mesmo a seus mais antigos moradores. Detentora de alguns dos cartões-postais mais notáveis do mundo, a Cidade Maravilhosa detém também uma área que rememora o Pantanal e pode ser revelada através de um delicioso passeio de barco da Barra até a Reserva.

Leia mais »